A 11ª Mostra Dulcina vai até o dia 9 de julho.

    "Nada". Foto de Diego Bresani.

    A 11ª Mostra Dulcina surge em meio à emoção de mais uma Copa do Mundo. O país inteiro mobilizado na expectativa do Hexa – ao menos até a finalização desse texto. Suspensão de aulas, das atividades comerciais, bancárias e do funcionalismo público, nos fazem sonhar com o dia em que o teatro e a arte irão também esvaziar as ruas, lotar os centros culturais e parar o país. 

    Por enquanto, fazemos a nossa parte e mantemos a tradição de apresentar ao público do Distrito Federal o trabalho de nossos professores e alunos-artistas. Em 2010, entramos no sexto ano da Mostra, duas edições por ano, que é, portanto, Hexa. Serão seis, também, os espetáculos teatrais nesta 11ª Edição.  

    Superstições e trocadilhos à parte, a Mostra é para a Faculdade de Artes Dulcina de Moraes um momento especial, uma atividade de formação para nossos alunos e para o público de Brasília e das cidades-satélites que lotam as poltronas dos nossos teatros. Nesta edição, turmas do bacharelado e da licenciatura mostrarão os resultados das sete disciplinas oferecidas, incluindo a recém lançada – Direção Teatral I.  

    "Anjo Negro". Foto de Diego Bresani

    Manoel de Barros, Nelson Rodrigues, Luigi Pirandello, Naum Alves de Souza e Alcione Araújo são alguns dos autores que serviram de inspiração para o trabalho das turmas nesse primeiro semestre. Poesias, prosas, narrativas e diálogos sobre saudade, amor, paixão, rancor, medo, beleza e arte tomam os palcos pelas próximas duas semanas de Mostra. 

    E se o lema é comemorar, além da Copa, as celebrações dos 50 anos de Brasília deixaram ainda mais vivo em nós o sonho da pioneira Dulcina. Só em 2010 já recebemos as visitas de Zé Celso e do seu Teatro Oficina, do curador Jochen Volz, do diretor Hugo Rodas, do preparador Sérgio Penna, do artista norte-americano Damian Francis Wagner e de mais de 40 artistas de todo o Brasil no Festival de Arte Efêmera. Abrimos, também, o curso de pós-graduação em Direção Teatral e reabrimos a especialização em História das Artes Visuais. Para muito breve, realizaremos o III Festival de Cenas Curtas. Ainda em 2010, abriremos a pós-graduação em Gestão de Espaços Culturais e representaremos o Brasil – juntamente com a USP – no Festival Mundial de Escolas de Teatro, em agosto, no Peru.  

    Os que conheceram Dulcina de Moraes dizem que era assim que ela gostava: com muito movimento. E se depender de nós, seguiremos desta forma pelos próximos 50 anos, pelas próximas 50 Copas. Por isso, esta mostra é dedicada a todos e todas que passaram pelas salas de aulas da Faculdade Dulcina e que seguem, pelos anos, colhendo os frutos desse sonho. Fernandos, Doras, Murilos, Françoises, Sheilas, Lúcias e outros tantos artistas e professores que entram em cena embalados pela memória daquele perfume nos corredores.  

    "Nada". foto de Diego Bresani

    Programação resumida 

    26/06 – 18h30 – Abertura | Galeria Dulcina  

    19h – Memórias Inventadas | Teatro Dulcina  

    20h – Anjo Negro | Teatro Conchita  

    27/06 – 19h – Memórias Inventadas | Teatro Dulcina  

    20h – Anjo Negro | Teatro Conchita  

    30/06 – 19h – Exercícios de Direção Teatral I  

    21h – Nada | Teatro Dulcina  

    01/07 – 19h – Exercícios de Direção Teatral I  

    21h – Nada | Teatro Dulcina  

    02/07 – 19h – Memórias Inventadas | Teatro Dulcina  

    20h – O Exercício de Seis Personagens | Teatro Conchita  

    21h – Nada | Teatro Dulcina  

    03/07 – h – Memórias Inventadas | Teatro Dulcina  

    20h – O Exercício de Seis Personagens | Teatro Conchita  

    21h – Nada | Teatro Dulcina  

    04/07 – 19h – Memórias Inventadas | Teatro Dulcina  

    20h – O Exercício de Seis Personagens | Teatro Conchita  

    21h – Nada | Teatro Dulcina  

    05/07 – 19h – Memórias Inventadas | Teatro Dulcina  

    21h – Nada | Teatro Dulcina  

    06/07 – 19h – Memórias Inventadas | Teatro Dulcina  

    21h – Nada | Teatro Dulcina  

    08/07 – 20h – Caravana da Ilusão | Foyer do subsolo da Faculdade Dulcina  

    21h – A Aurora da Minha Vida | Teatro Dulcina  

    09/07 – 20h – Caravana da Ilusão | Foyer do subsolo da Faculdade Dulcina  

    21h – A Aurora da Minha Vida | Teatro Dulcina.

    Local: Faculdade Dulcina de Moraes (SDS – CONIC).