Abertura da Copa do Mundo na Embaixada da África do Sul.

O jardim decorado serviu também de espaço para crianças brincarem com a bola. Foto: Marcelo Dischinger.

Renato Acha

África e Brasil são muito semelhantes. Os continentes já foram unidos geograficamente há milhares de anos segundo a teoria da Pangeia. Milhões de africanos vieram para a Brasil e influenciaram toda nossa cultura e genética. Isto se reflete no comportamento tão familiar entre nossas ricas culturas.

Embaixador da África do Sul, Bamgunzi Sifingo, ao lado do mascote Zakumi que representa o “povo, geografia e espírito sul-africanos”. Foto: Marcelo Dischinger

Isto ficou nítido na recepção festiva que o país sede dos jogos proporcionou para os mais de 300 convidados  recebidos pelo embaixador Bamgunzi Sifingo nesta sexta (11 de junho).

A abertura do evento foi seguida da partida de estreia entre as seleções da África do Sul e México. O jogo foi acompanhado com empolgação da plateia do estádio ao som quase ensurdecedor das vuvuzelas. Na embaixada os espectadores, em sua maioria composto por africanos e brasileiros, festejaram o momento histórico.

Koko Beja, Mamothe Maraba e Phili Gumbi dançaram animadas e foram muito solicitadas pela imprensa. Foto: Marcelo Dischinger.

Interessante observar a presença de três mexicanos em clima de festa em frente a uma das quatro TVs na área externa da embaixada, o que prova que adversários no futebol podem conviver em harmonia.

Francia Andrea Ruiz, Francis Lopez Ruiz e German Ruiz, adido naval da Embaixada do México. Foto: Marcelo Dischinger.

Lá dentro outro grupo animado observava atentamente cada lance. No final os dois times empataram em um a um e a festa prosseguiu sem fronteiras.

Foto: Marcelo Dischinger

Uma recepção memorável que agradou a todos.

Adivinhe qual foi o palpite mais recorrente para o confronto final:

África do Sul e Brasil.

Estamos unidos na torcida!

As embaixatrizes Tsutsi (Zimbábue), Theresa (Botsuana), Cécille (Costa do Marfim) e Demitria (Namíbia). Foto Marcelo Dischinger.
Embaixador da Namíbia, Hopelong Ipinge e Wilson Miranda (Brother), fundador do Bloco Pacotão. Foto: Marcelo Dischinger.
Assessora de Cultura da Embaixada da África do Sul, Lorenza Carrion. Foto: Marcelo Dischinger.

Foto: Marcelo Dischinger
Embaixador da Grécia, Dimitri Alexandrakis e sua esposa, Aglaia Balta acompanhados pelo anfitrião
Embaixador da Grécia, Dimitri Alexandrakis e esposa Aglaia Balta acompanhados pelo anfitrião Bagumzi Sifingo. Foto: Marcelo Dischinger.