Brasil Rural Contemporâneo movimenta a Orla do Lago Paranoá com rica programação.

 

Paulinho da Viola. Foto de Marcos Hermes

Texto de Renato Acha

Brasil Rural Contemporâneo, maior evento da América Latina de exposição e venda de produtos da agricultura familiar, abre sua sétima edição em Brasília com uma série de eventos.

A cidade agradece o retorno depois de duas edições cariocas (2008 e 2009). O local escolhido é a Concha Acústica do Lago Paranoá que abriga uma mega estrutura de 30 mil metros quadrados para receber também a VII Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária. Os números realmente surpreendem: 650 empreendimentos familiares e mais de 550 toneladas de produtos de todo o Brasil.

A programação cultural é ampla e transita entre o contemporâneo e a cultura de raiz. Dois espaços, o Palco Multicultural e o Tablado de Raiz trazem nomes como Paulinho da Viola, Lenine, Armandinho, Alceu Valença, Otto, Zambiapunga, o pernambucano Maracatu Estrela de Ouro e a artista paraibana Zabé da Loca. A entrada é franca e há transporte gratuito com partida da parada de ônibus ao lado da Biblioteca Nacional, todos os dias, a cada 15 minutos. A divulgação é feita por meio de interessantes cortejos de grupos como TamonoáMarafreboi, que entregam flyers aos transeuntes na Rodoviária, além de participarem da Feira.

No espaço montado às margens do Lago Paranoá serão expostos e comercializados produtos como queijos, salame, polpas de frutas, vinhos e geleias, granola de licuri, caviar de berinjela, xampu de andiroba, azeite virgem de castanha do Brasil, sabonete de babaçu, cracóvia e farinha de macadâmia. Tudo produzido por agricultores, artesãos, extrativistas, comunidades indígenas, piscicultores, ribeirinhos, quilombolas e assentados da reforma agrária apoiados por políticas públicas do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Ainda tem opção para os amantes da seleção brasileira assistirem a um dos jogos da Copa do Mundo em grande estilo diante da maior tela de led em Brasília. A partida entre Brasil e Costa do Marfim será no domingo (20 de junho) às 15:30 e deve reunir um público enorme diante de uma bela paisagem.

O público poderá entrar em contato com as políticas públicas desenvolvidas para fortalecer a agricultura familiar por meio de uma mostra fotográfica no Espaço MDA, dividido em três partes. Na segunda, a tecnologia é o suporte para interação através de vídeos sobre as políticas públicas do Governo Federal. A terceira é dedicada a livros, com exposição, consulta de obras e espaço para leitura e atendimento ao público.

Na Casa do Incra será montada uma Casa de Farinha, lúdica e interativa, que retrata a cadeia produtiva da mandioca e de seus derivados.

Cada estado será representado em estandes divididos pelas regiões aonde serão comercializados os mais diversos produtos. Haverá um espaço para piquenique com mesas situadas à beira do Lago em um deck especialmente construído para o evento, onde todos podem degustar dos mais diversos pratos da rica gastronomia brasileira. Cinco microcervejarias artesanais promovem degustação e comercialização.

Praça da Cachaça, bebida símbolo do país traz 15 empreendimentos familiares e uma ampla gama de sabores. A Praça da Sociobiodiversidade reproduz três biomas brasileiros: Cerrado, Caatinga e Amazônia e expõe e comercializa produtos destas regiões. A Loja Talentos do Brasil traz a riqueza do artesanato criados via parceria com renomados estilistas que utilizam matéria primas naturais como crina de cavalo, fibra de tururi, coco do babaçu, cipós e sementes. Haverá um desfile de lançamento da coleção 2010, com inspiração na diversidade de aves, intitulado “Passarada“. O cenário de fim de tarde promete agradar os espectadores na sexta (18 de junho) às 17 horas. Neste mesmo dia o SEBRAE convidou compradores para uma Rodada de Negócios.

Um grupo de 15 trabalhadoras rurais, camponesas, empreendedoras, produtoras, artesãs e quebradeiras de coco babaçu tem destaque em uma mostra do Programa de Organização Produtiva das Mulheres Rurais, do MDA. Elas demonstram e ensinam técnicas ancestrais aos visitantes, em trabalhos que incluem tranças, tramas, bordados e texturas que revelam a história e a identidade das mais tradicionais comunidades rurais do país.

Uma lona de circo com monitores recebe o Espaço do Programa Arca das Letras, onde serão realizadas atividades como brincadeiras e jogos e resgatadas brincadeiras como cabra-cega, esconde-esconde, roda-pião, passa-anel, pipa, peteca e cantigas de roda. No espaço serão realizadas, diariamente, apresentações musicais e culturais.

É louvável a escolha da Orla para sediar este evento gigantesco, sinal de que bons ventos podem trazer sua total revitalização.

Brasil Rural Contemporâneo é um evento do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e do Incra, com patrocínio de Petrobras, Sebrae, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Banco da Amazônia, BNDES, Eletrobrás, Itaipu Binacional, Sebrae, Anfavea, Ufrabio e Itambé. E conta com apoio do Instituto Latinoamérica para o Desenvolvimento da Educação, Ciência, Arte e Cultura e do Governo do Distrito Federal.

Serviço: VII Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária | Brasil Rural Contemporâneo

Local: Concha Acústica do Lago Paranoá

Data: De 16 a 20 de junho

Horários da Feira: Quarta, quinta e sexta-feira – 16, 17 e 18/06 – das 13h às 22h

Sábado e domingo – 19 e 20/06 – das 10h às 22h

Lenine – Divulgação

Horários dos shows

Palco Multicultural

• 16 a 19/06 – A partir das 20h

• 20/06 – A partir das 18h

Tablado de Raiz

• 16 a 18/06 – A partir de 15h

• 19/06 – A partir de 14h

• 20/06 – A partir de 10h

Shows no Palco Multicultural

16/06 (quarta-feira)

20h – Bahiana System (BA)

21h30 – Paulinho da Viola (RJ) convida Monarco (RJ)

DJ Tudo (SP)

17/06 (quinta-feira)

20h – Cidadão Instigado (CE) convida Mestre Vieira das Guitarradas (PA)

21h30 – Otto (PE) convida Lirinha (PE)

BoTECOEletro (RJ)

18/06 (Sexta-feira)

20h – Teatro Mágico (SP) convida Silvério Pessoa (PE)

21h30 – Lenine (PE)

Jam da Silva (PE)

19/06 (Sábado)

20h – Cabruera (CE) convida Totonho (PB)

21h30 – Frank Jorge , Wander Wildner e Julio Reny (RS) convidam Gilberto Monteiro (RS)

23h – Alceu Valença (PE)

DJ MAM (RJ)

20/06 (Domingo)

18h – Armandinho , Dodô e Osmar (BA)

DJ MAM – RJ

Shows no Tablado de Raiz

16/06 (Quarta-feira)

16h – Boi Bumba de Maracanã (MA)

17h30 – Descascadeiras de Mandioca (PB)

19h – Bule Bule (BA) convida Queiroz (BA) e Repentistas da Casa do Cantador (DF)

17/06 (Quinta-feira)

15h – Zambiapunga (BA)

16h – Boi Bumba de Maracanã (MA)

17h30 – Coco Raízes de Arcoverde (PE)

19h – Bule Bule e as Sambadeiras do Recôncavo (BA)

18/06 (Sexta-feira)

16h – Zambiapunga (BA)

17h30 – Pio e Mestre Vieira (PA)

19h – Babilak Bah (MG)

19/06 (Sábado)

14h – Maracatu Estrela de Ouro (PE)

15h – Cacai Nunes (DF)

16h – Quentes da Madrugada – Carimbó (PA)

17h30 – Claudio Rabeca convida Siba (PE)

19h – Gilberto Monteiro (RS)

20/06 (Domingo)

10h – Zabé da Loca (PB)

12h30 – Maracatu Estrela de Ouro (PE)

14h – Patubate (DF)

Cortejos de grupos de cultura popular no BRASIL RURAL CONTEMPORÂNEO

17/06 (quinta-feira)

16h – Boi Bumba de Maracanã (MA)

18/06 (sexta-feira)

16h – Zambiapunga (BA)

20/06 (domingo)

12h30 – Maracatu Estrela de Ouro

Cortejos de grupos de cultura popular no Distrito Federal

16/06 (quarta-feira)

12h – Boi Bumba de Maracanã (MA)

17/06 (quinta-feira)

12h – Zambiapunga (BA)

19/06 (sábado)

10h – Maracatu Estrela de Ouro (PE)

Programação do Espaço Brincante – Arca das Letras

16/06 (quarta-feira)

15h – “O Romance do Vaqueiro Benedito” – Grupo de Teatro Mamulengo Presepada

19h – Carroça de Mamulengos convida Cia os Buritis

17/06 (quinta-feira)

15h – “Mateus da Lelé Bicuda” – Grupo de Teatro Mamulengo Presepada

19h – Carroça de Mamulengos convida Mambembrincantes

18/06 (sexta-feira)

15h – “Exemplos de Bastião” – Grupo Mamulengo Sem Fronteiras

19h – Carroça de Mamulengos Histórias de Teatro e Circo

19/06 (sábado)

11h – “As Aventuras de Dom Xicote e Mula Manca” – Grupo Roupa de Ensaio

16h – Carroça de Mamulengos Histórias de Teatro e Circo

20/06 (Domingo)

11h – “Marajá, Contador de Histórias”, do Grupo Os Buriti

14h – Carroça de Mamulengos convida a Cia Artetute