Karina Dias lança o livro “Entre Visão e Invisão : Paisagem” hoje no Museu.

http://utamaroyale.com/delo/kak-sozdat-svoe-prilozhenie-na-kompyuter.html как создать свое приложение на компьютер Em “Notas sobre paisagem, visão e invisão”, minha intenção é, através da minha prática http://recetasdietamediterranea.com/tech/film-troya-720.html фильм троя 720 artística, desenvolver a idéia de que a paisagem cotidiana se revela em meio às coisas, em um http://www.nepalgearrental.com/lifes/zhena-prosnulas-i-zahotela-seksa-porno.html жена проснулась и захотела секса порно movimento acelerado de pontos de vista distintos, ela é passagem, um deslocamento do olhar.

http://smartmoneyjamaica.com/leon/sberbank-na-klikova-kursk-grafik-raboti.html сбербанк на клыкова курск график работы Experimentá-la então, seria como ativar um movimento do olhar onde ver e não ver se http://qaiagile.com/leon/novosti-bistrogo-reagirovaniya-lugansk.html новости быстрого реагирования луганск articulam, onde os pontos de não visão, de um certo estado de cegueira se transformam em развитие речи посредством развития мелкой моторики рук invisão, em uma visão interna. E é nesta dialética entre ver e não ver, entre não ver e ver internamente que se constitui o que chamamos de paisagem. Aqui, não se trata de ver tudo, mas sim de se aproximar para habitar, de se situar para olhar no mesmo, no espaço de sempre, a diferença.” – declara Karina Dias, autora do livro.

Serviço: Lançamento do livro “Entre Visão e Invisão : Paisagem [por uma experiência da paisagem no cotidiano]” de Karina Dias.

Local: Museu Nacional – Auditório 2.

Data: 17 de agosto de 2010 (terça) às 18h30.