Festival Latino-americano de Arte e Cultura abre com concerto que reúne um time de virtuoses. Sorteio de um par de cortesias.

Mariene de Castro. Foto: Rômulo Juracy. Divulgação.

O Festival Latino-americano e Africano de Arte e Cultura (Flaac 2012), celebra o jubileu da Universidade de Brasília (UnB) e tem início no dia do aniversário de 52 anos de Brasília com uma série de eventos que focam na estreita relação entre as culturas da África e da América Latina, que influenciam sobremaneira o Brasil.

Este é o mote do concerto intitulado Atmosferas Musicais do Brasil Indo-afro-latino, que abre o Festival no dia 21 de abril (sábado) às 20 horas na Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional Cláudio Santoro em evento fechado para convidados.

O erudito e o popular se unem sob o comando do maestro Ângelo Rafael Fonseca em um espetáculo que reconta a história da música brasileira, destacando as influências latino-americanas e africanas em nossa cultura. A Orquestra Brasiliana, formada especialmente para o concerto, vai retratar essa diversidade.

Orquestra Brasiliana. Foto: Rômulo Juracy. Divulgação.

O espetáculo contará com grandes solistas: as cantoras Denise Tavares, Mônica Salmaso e Mariene de Castro. O Clube do Choro de Brasília, o violonista costa-riquenho Mario Ulloa e o grupo Maurício Tizumba e Meninos de Minas são participações especiais que estarão distribuídas em três blocos que dialogam entre si.

No primeiro, percorre-se a erudição e a história de nossa música com a execução de composições brasileiras, que se tornaram referências mundiais. Peças de Carlos Gomes, Villa-Lobos e Claudio Santoro traduzem esse espírito, enquanto Chiquinha Gonzaga e Pixinguinha realizam a transição para o segundo bloco. Nele, será apresentado o universo da música popular, com citação às nossas influências latino-americanas. Canções de Tom Jobim, Gilberto Gil, Violeta Parra, Chico Buarque e Caetano Veloso dão o tom desse momento.

Mônica Salmaso. Foto: Rômulo Juracy. Divulgação.

No último bloco, a alegria e a leveza tomam conta. Luís Gonzaga, Dorival Caymmi e Silas de Oliveiras são alguns dos nomes que encerram o repertório.

O Concerto Flaac 2012 será precedido pela apresentação da Missa Brevis, composição inédita do professor da UnB, Sérgio Nogueira. A obra, que terá sua estréia mundial no dia do Concerto, foi composta especialmente para a comemoração dos 50 anos da Universidade.

O maestro David Junker fará a regência da Orquestra e do Coro Sinfônico da UnB. Como solistas, foram convidados o tenor Jean Nardoto e a soprano Lyz Nardoto. O maestro explica que a Missa Brevis “traz em si a enaltação da alegria, de uma magnificência.”

O Acha Brasília sorteia um par de cortesias. Envie NOME COMPLETO + RG para achabrasilia@gmail.com, com o assunto FLAAC 2012.

Denise Tavares. Foto: Rômulo Juracy, Divulgação.

Serviço: Concerto de Música Brasileira

Data: 21 de abril de 2012 (sábado) às 20 horas

Local: Sala Villa-Lobos Teatro Nacional (Setor Cultural Norte)

Evento para convidados