A pintura zen de Kazuaki Tanahashi em mostra no Museu Correios.

De 19 de junho a 22 de julho.

Space. Divulgação.

A mostra Um Pincel traz obras mais recentes do pintor zen Kazuaki Tanahashi, do Japão. Em cartaz de 19 de junho a 22 de julho, no Museu dos Correios. Na abertura da exposição, o artista fará pintura ao vivo e conversará com o público.

Fire.

Nascido no Japão em 1933, Tanahashi é artista, tradutor, ativista e erudito Zen Budista. Mudou-se para os Estados Unidos em 1977, para atuar como erudito residente no San Francisco Zen Center (fundado por Shunryu Suzuki Roshi). Mestre caligrafista e artista treinado por Kodo Fukada no Japão, tem ensinado e feito exposições ao redor do mundo há 50 anos, além de ter criado o gênero da pintura em um único traço e os Círculos Zen multicoloridos. Escritor, editor e tradutor prolífico, produziu mais de quarenta livros em inglês e japonês, incluindo o conjunto amplo dos ensinamentos do Mestre Zen Dogen.

Como ativista ambiental, foi o secretário fundador do Plutonium Free Future. Ativista da paz, trabalhou contra a corrida armamentista nuclear e nas duas Guerras do Golfo, é diretor fundador do Ten Millenium Project e da iniciativa A World Without Armies para a desmilitarização das nações. Também é membro da Academia Mundial de Arte e Ciência.

Air.

A vinda de Kazuaki Tanahashi é de grande relevância no atual momento do país, não só por seus ensinamentos como mestre budista, mas também por sua atuação como ativista da Paz, cujo tema estende-se a seus trabalhos artísticos. A presença desse artista no Brasil, com seus 84 anos de vida e com uma obra que extrapola fronteiras, levando uma mensagem de paz para várias nações, é uma rara oportunidade, que merece ser compartilhada com o grande público.

Kazuaki Tanahashi.

Serviço: Exposição Um Pincel – Kazuaki Tanahashi
Data: De 19 de junho a 22 de julho
Local: Museu Correios (SCS – Quadra 4 bloco A – Edifício Apolo)
Lançamento e Pintura Ao Vivo: 19 de junho (terça) às 19 horas
Entrada franca
Visitação: De terça a sexta, de 10 às 19 horas
Sábado, domingo e feriado, de 14 às 18 horas.