2ª marcha do Movimento Contra a Corrupção acontece no dia 12 de outubro.

Foto: Rodrigo Montezuma. Divulgação.

A 2ª marcha do Movimento Contra a Corrupção no Dia das Crianças depois de reunir mais de 30 mil pessoas em Brasília, no último dia 7 de setembro. A segunda marcha do Movimento Contra a Corrupção (MCC) já contabiliza dezenas de milhares de confirmações de participação nas redes sociais. Além disso, conta com marchas semelhantes em outras 15 cidades brasileiras, em um movimento coordenado por um grupo de manifestantes da capital federal.

O segundo evento tem como principais causas a constitucionalidade do projeto Ficha Limpa, o voto aberto nas deliberações do parlamento e a defesa do Conselho Nacional de Justiça, além, é claro, da luta irrestrita contra a corrupção em todas as esferas do poder.

O ponto de encontro é a Praça da República, às 10 horas, onde os manifestantes se reúnem para seguir em marcha até a Praça dos Três Poderes. De acordo com os organizadores, a marcha sai da Praça da República, em frente ao Museu Nacional, e desce pelo Eixo Monumental até o Congresso Nacional, onde ocorrerá uma parada para cantar o Hino Nacional e proferir palavras de ordem. Em seguida, continua até a Praça dos Três Poderes, onde novas reivindicações serão comunicadas a partir do carro de som.

Confira, abaixo, o Manifesto do MOVIMENTO CONTRA A CORRUPÇÃO – MCC:

O Movimento Contra a Corrupção – MCC é um movimento apartidário, pacífico, que inicialmente criado por três pessoas, conta hoje com mais de 60 colaboradores em sua coordenação. É um grupo heterogêneo, com diversos credos, classes sociais, ideologias políticas, conceitos e diversidades, que espelham a população brasileira. Têm em comum a vontade de construir um país melhor e mais justo para todos, por meio do firme combate à corrupção em todas as esferas do poder: Executivo, Legislativo e Judiciário.

No dia 07/09/2011, o movimento mobilizou mais de 30 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios, que caminharam e protestaram contra a corrupção. Depois disto o que aconteceu? Uma audiência pública na UnB sobre ações contra a corrupção e a impunidade; relançamento da frente parlamentar em defesa do voto aberto; protesto das 594 vassouras em frente ao Congresso Nacional; enfim, inúmeras reuniões e discussões nas mais diversas esferas para propor medidas que venham efetivamente trazer resultados. Nosso objetivo é levantar a voz e dizer a todos que já não toleramos mais tantos desvios de recursos como se estes fossem ilimitados.

Não podemos jamais tolerar a corrupção como algo natural, pois a corrupção mata.

Mata o presente, quando estradas superfaturadas e mal acabadas ceifam a vida de famílias em seus buracos. Mata o presente, quando nos hospitais faltam os medicamentos básicos e pelo menos as condições mínimas de atendimento. E também  mata o futuro, quando escolas precárias e professores mal pagos formam crianças despreparadas para o mercado de trabalho e para o exercício da cidadania.

A educação é a base de uma vida produtiva.

Acordamos, saímos do marasmo, chamamos a atenção da mídia, tanto nacional como internacional. Não queremos desestabilizar nenhum governo. Muito pelo contrário! Gostaríamos que os políticos assistissem aos seus vídeos de campanha e comparassem suas promessas ao que de fato estão realizando em suas vidas públicas. Certamente não se reconhecerão. Para evitar a continuidade desses desmandos, queremos punição exemplar para desvios de conduta na vida pública. Afinal, a impunidade é a mãe da corrupção!!!

Pagamos a mais alta carga tributária do planeta e temos um dos piores serviços públicos do mundo. Queremos coerência, queremos prioridades. Não precisamos de estádios monumentais, enquanto há hospitais e escolas precárias. Não queremos shows espetaculares e caros, para meia dúzia de pessoas, enquanto faltam recursos para tantas outras áreas prioritárias. Não queremos esmolas. Chega de pão e circo! Queremos um futuro melhor para nossos filhos e netos. Um futuro seguro alicerçado na boa educação e em serviços públicos de qualidade.

Queremos medidas concretas já!

Assinado: Movimento Contra a Corrupção – MCC/DF.

Serviço: 2ª Marcha Movimento Contra Corrupção

Data: 12 de outubro de 2011

Horário concentração: 10h

Horário do início da marcha: 10h45

Ponto de encontro: na Praça da República

Itinerário: A marcha sai da Praça da República, em frente ao Museu Nacional, e desce pelo Eixo Monumental até o Congresso Nacional, onde ocorrerá uma parada para cantar o Hino Nacional e proferir palavras de ordem. Em seguida, continua até a Praça dos Três Poderes, onde novas reivindicações serão comunicadas a partir do carro de som.