Túlio Borges se apresenta na Caixa Cultural neste fim de semana.

9 e 10 de fevereiro.

Divulgação.

Túlio Borges se apresenta no Teatro da Caixa Cultural nos dias 9 e 10 de fevereiro. Em show solo, o artista passeia pelo seu repertório intimista de canções compostas ao violão que mesclam poesias dos vates da poesia popular nordestina e de poetas como Idea Vilariño e José Chagas. Durante o espetáculo, o artista cria no ambiente um estado de poesia, cumplicidade e imersão no universo apaixonante do estilo da canção brasileira.

Natural de Brasília, Túlio estreou em disco com o belo e multifacetado álbum Eu venho vagando no ar (2010), com o qual recebe elogios de grande parte da crítica nacional, como Tárik de Souza e Zuza Homem de Mello, além do prêmio de melhor cantor independente pela Rádio Cultura de São Paulo e a nominação de um dos 50 melhores discos do ano pela Revista Manuscrita.

Seu segundo e terceiro álbuns são dedicados à poesia popular nordestina. Batente de Pau de Casarão (2015), em que perfaz o caminho desde sua cidade natal, Brasília, até suas raízes na cidade Pernambucana de São José do Egito, foi escolhido o segundo melhor lançamento brasileiro daquele ano pelo site Melhores da Música Brasileira. Cutuca meu peito incutucável (2017), pontuado de textos poéticos sobre a paixão, angústias e delicadezas, também foi incluído em algumas listas como um dos 30 melhores álbuns de 2017.

Em 2018, lançou o single “Porque Sabino Morreu”, disponível em todas as plataformas digitais e no site do artista.

Túlio Borges
Teatro da Caixa Cultural (SBS Quadra 4 Lotes 3/4)
9 e 10 de fevereiro
Horário: 20 horas (sábado) e 19 horas (domingo)
Ingressos: R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia-entrada para estudantes, professores, funcionários e clientes Caixa, pessoas acima de 60 anos e doadores de item arrecadado no mês).
Bilheteria: de terça a sexta e domingo, das 13h às 21h, e sábado, das 9h às 21h. Contato: (61) 3206-6456
Duração: 70 minutos
Classificação: 14 anos
Capacidade: 406 lugares (8 para cadeirantes)
Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais